11 possíveis sequelas do álcool no organismo

Com a marvada pinga é que eu…fico doente. Além do alcoolismo, há outras 350 doenças relacionadas ao uso excessivo do álcool. A seguir você vai conhecer 11 possíveis sequelas do álcool no organismo.

1) Miopatia

É uma doença em que há diminuição da função muscular. Com isso, a pessoa sente muita fraqueza, dor, câimbras e dificuldade para realizar atividades cotidianas, como subir e descer escadas.

2) Aranha Vascular

É uma dilatação de vasos sanguíneos. Geralmente aparece no rosto e pescoço e é indicio de problemas hepáticos.

3) Hemorragia cerebral

Pessoas com consumo abusivo de álcool apresentam uma chance de hemorragia cerebral 3,36 vezes maior quando comparado a pessoas abstêmias.

4) Demência

A Demência Alcoólica é, como o próprio nome sugere, uma forma de Demência provocada pelo consumo excessivo de álcool. Afeta a memória, aprendizagem e outras funções mentais.

As deficiências nutricionais que acompanham frequentemente o consumo excessivo de álcool, regular ou agudo, são também entendidas como um fator que contribui para esta Demência.

5) Síndrome de Mallory-Weiss

Rompimento da ligadura do esôfago ao estômago com eliminação de sangue pela boca após vômito.

6) Insuficiência cardíaca

O coração não dá conta de bombear sangue.  A insuficiência cardíaca causada pelo álcool representa 3 a 40% dos casos da doença em diversos estudos.

7) Cardiomiopatia

A cardiomiopatia é a fraqueza do músculo cardíaco. Um coração afetada pelo consumo excessivo de álcool que se dilatam quando sua camada muscular afina consideravelmente.

Como resultado, os músculos do coração não seriam capazes de funcionar corretamente e a sua capacidade de bombear também seria interrompida. O resultado final seria um fornecimento reduzido de sangue para determinados órgãos no corpo.

8) Hepatite aguda

Hepatite alcoólica aguda é uma doença grave do fígado relacionada à toxicidade indireta do álcool resultando em morte celular abrupta. Ele pode assumir muitas formas, desde lesões anatômicas assintomáticos simples para extensa destruição das estruturas do fígado que pode causar a morte.

9) Cirrose

A Cirrose é uma doença crônica do fígado em que há formação de nódulos que bloqueiam a circulação sanguínea. Com isso, ele deixa de desempenhar suas funções normais como produzir bile (um agente emulsificador de gorduras), auxiliar na manutenção dos níveis normais de açúcar no sangue, produzir proteínas, metabolizar o colesterol, o álcool e alguns medicamentos, entre outras.

10) Neuropatia periférica

A neuropatia periférica compromete os nervos das extremidades pelo efeito tóxico do álcool. Com isso, há a sensação de formigamento temporário, sensação de agulhas perfurando o corpo, choques ou queimação, até paralisia muscular.

11) Pelagra

Pelagra é o nome dado à deficiência nutricional causada pela deficiência de niacina. Comumente conhecida pela doença dos “Três Ds”: dermatite, diarreia e demência, apresenta-se com uma erupção foto sensitiva distribuída por várias regiões do corpo, sintomas gastrintestinais e distúrbios neuropsiquiátricos, tais como confusão mental e prejuízo de memoria.

Fontes:

AbeadAlzheimer.orgCisaDocsetoolsDrauzio VarellaEhowElmaxilabJornal Zero HoraPDG SaúdeSNC Neurologia

Comments are closed.